Gancho de esquerda

Foto por Magdaline Nicole em Pexels.com

Teu coração adoidado
quer bater fora do peito,
correr desenfreado,
comer três futuros
Incansável
Com um suspiro
frágil
frágil
frágil
Tu pega esse desembestado pelas mãos
e diz
– Te aquieta, seu escroto
Tu sabe que por hora,
e só por hora,
ele te acata
Tu sabe que amanhã,
talvez ainda hoje,
esse aloprado te escapa,
te faz refém,
te mata.

%d blogueiros gostam disto: